Imposto de Renda

O Imposto de Renda é um tributo federal aplicado sobre a renda de muitos brasileiros. Para tanto, é preciso fazer a declaração anual que conseguirá gerar um cálculo sobre a renda.

Todos os anos os brasileiros se enrolam com essa data e acabam deixando a declaração para o último minuto. Por isso é essencial se programar, entender como funciona e se antecipar para não perder o prazo.

O que é o Imposto de Renda

Income tax

Imposto de Renda é a declaração anual que os brasileiros precisam fazer. Ele serve como um controle da Receita Federal para verificar se não houve fraudes em taxação de serviços e controlar a circulação de dinheiro no país.

Essa é uma estratégia essencial para conter práticas ilícitas. Isso porque, duramente o ganho e gasto do dinheiro, existem taxas e tributos que precisam ser aplicados.

Isso ocorre durante a própria transação. No entanto, uma vez por ano a Receita Federal precisa confirmar se a tributação foi correta de acordo com sua movimentação financeira.

Ela pode ter sido além ou aquém do ideal, e com isso ocorrem os ajustes de devolução ou cobrança de um valor a partir da declaração de Imposto de Renda.

Quem deve declarar o Imposto de Renda

Embora seja importantíssima, a declaração não é obrigatória para todos os brasileiros. Existem aqueles que são considerados isentos, pois, não obtiveram em um ano uma remuneração considerada suficientemente alta para as tributações devidas.

Veja a seguir quais são as condições de obrigatoriedade:

  • É obrigado a declarar quem ganhou mais de R$ 28.559,70 em 2020;
  • Quem faturou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano (é o caso de
  • indenização trabalhista ou rendimento de poupança);
  • Quem obteve ganho através de venda de bens (casa, por exemplo);
  • Quem negociou ações na Bolsa;
  • Cidadãos que receberam mais de R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • Quem tinha até 31 de dezembro de 2020 bens superiores a R$ 300 mil;
  • Quem passou a morar no Brasil em qualquer mês de 2020 e ficou aqui até 31 de dezembro;
  • Quem negociou num prazo de 180 dias, através da isenção de IR no momento da venda.

Em todos esses casos a obrigatoriedade existe e o cidadão precisa, sim, entregar a sua declaração de Imposto de Renda.

Como declarar o Imposto de Renda

Income taxIn

A declaração do Imposto de Renda é feita através de um sistema próprio que precisa ser baixado em seu computador. O processo é feito através do sistema, sem necessidade de comparecimento em qualquer lugar. Veja o passo a passo:

  • Faça o download do programa de IRPF clicando aqui;
  • Escolha o tipo de aparelho que vai usar e faça o download adequado;
  • Com o sistema instalado você pode optar pela declaração completa ou simplificada – sendo a segunda a
  • indicada para a maioria dos brasileiros.
  • Com o sistema aberto, preencha os campos informando seus rendimentos anuais;
  • Tenha atenção em todos os campos, inclusive aqueles que se referem aos seus dependentes.

Para facilitar, tenha em mãos documentos importantes que serão usados em sua declaração de Imposto de Renda. Alguns dos essenciais são:

  • IPTU;
  • Informes de rendimento;
  • RG, CPF e título de eleitor;
  • comprovante de envio da declaração de Imposto de Renda do ano anterior.
  • comprovante de consultas médicas;
  • comprovante de pagamento de faculdade;
  • comprovante de bens e investimentos, entre outros.
  • Como funciona a restituição de Imposto de Renda

Como funciona a restituição de Imposto de Renda

A restituição ocorre quando a Receita Federal identifica que, de acordo com a declaração, o contribuinte acabou pagando mais tributos do que deveria. Nesse caso o valor pago em excesso deverá ser devolvido ao bolso do consumidor.
O valor é devolvido em lotes mensais. Quem mandou a declaração primeiro é contemplado com a devolução também feita nos primeiros lotes.

Como consultar a restituição do Imposto de Renda

Se você tem dúvidas se está elegível para restituição, pode fazer essa consulta através do site oficial. Veja o passo a passo para isso a seguir:

  • Acesse o site clicando aqui;
  • Inclua os dados solicitados: CPF, data de nascimento;
  • Escolha o ano de referência;
  • Inclua o código verificador e peça a pesquisa.

Feito isso você verá se há alguma restituição prevista para o seu caso. Lembre-se que as informações incluídas devem estar corretas para que a pesquisa retorne algum resultado verídico.

Conclusão

O Imposto de Renda é uma obrigação chata, mas essencial. Através dele a Receita Federal consegue manter o controle adequado acerca do dinheiro que circula no país, bem como os tributos cobrados sobre as transações.

Por isso, se você está na lista de obrigatoriedade é importante cumprir o prazo e enviar a sua declaração. O não encaminhamento pode gerar restrições ao seu CPF e pode colocar em risco o seu patrimônio.

Com esse tutorial ficou fácil entender como fazer a declaração e Imposto de Renda. Você deve se antecipar para não perder o prazo, que em 2021 vai até 30/04.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *