Quarentena – o que é e como funciona

Se tem uma palavra que se tornou frequente em nossa rotina é “quarentena”. Mas, algumas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que é e como funciona esse processo de isolamento.

A quarentena tem sido cumprida em diversos países numa estratégia essencial de controle à pandemia do Coronavírus. Mas, entender o conceito e o funcionamento de uma quarentena é o ponto crucial para que ela seja realizada com sucesso.

O que é a Quarentena

Quarantine - what it is and how it works

A quarentena nada mais é do que o processo de reclusão de indivíduos saudáveis para que não se contaminem com um determinado vírus.

Embora o termo tenha se popularizado em 2020, a palavra existe desde sempre e já foi usada em diferentes períodos da humanidade, sempre com essa finalidade de conter a propagação de diversos vírus.

Na quarentena, o indivíduo deve evitar manter contato com outras pessoas. Entende-se que esse afastamento pode evitar a contaminação e contribui para a contenção de doenças.

Quanto tempo dura?

Uma das maiores confusões com relação ao termo é o seu tempo de duração. Como o nome sugere, a quarentena pode ser cumprida em um ciclo de 40 dias de reclusão – mas isso não é uma regra.

O que realmente determina o tempo que se deve manter dessa medida é o período de incubação do vírus.
Ou seja, é preciso estudar e entender quanto tempo, em média, o vírus fica incubado e por quanto tempo um indivíduo pode ser agente transmissor da doença.

O início do ciclo de quarentena se dá a partir do momento em que a pessoa tem contato com o vírus ou com alguém infectado por ele. Durante a reclusão, portanto, devemos observar se surgem sintomas que indiquem o desenvolvimento da doença e, portanto, a presença do vírus em mais uma pessoa.

Como é feita a Quarentena

Para que uma quarentena surta o efeito esperado – que é a contenção da propagação de um determinado vírus – ela precisa ser cumprida à risca.

No Brasil essa tem sido uma das grandes dificuldades na crise gerada pelo Coronavírus, já que a maioria das pessoas não cumpre a quarentena como deveria, o que compromete muito os resultados da medida.

Como é realizada?

Quarantine - what it is and how it works

A quarentena é feita com o isolamento de um individuo em sua residência. Durante esse período deve-se evitar ao máximo o contato com outras pessoas, de modo que diminua o risco de contaminação.

Atividades externas devem ser suspensas ou adaptadas para um modelo home office para que possam ser realizadas sem o deslocamento do cidadão para fora de sua residência.

O grande ponto aqui é que a quarentena é realizada por pessoas que não apresentam sintomas, mas que de alguma forma estiveram em situações em que podem ter contraído a infecção.

Por isso em um cenário de pandemia, em que o vírus se alastra de maneira exponencial, e em situações de alto teor infeccioso, a quarentena acaba sendo imposta para toda a população, já que qualquer um pode ser um transmissor assintomático.

Diferença entre Quarentena e Isolamento

É muito comum que se confunda quarentena com isolamento. Ambas as medidas estão em alta e têm sido adotadas como estratégia para conter os avanços da COVID19 não somente no Brasil, mas no mundo.

No entanto, embora as palavras sejam muitas vezes empregadas com um mesmo sentido, existem diferenças básicas entre elas que devem ser consideradas.

A quarentena, como dito anteriormente, é imposta a pessoas que não apresentam sintomas, mas que estiveram em situações em que podem ter contraído a doença.

Já o isolamento é destinado a pessoas já infectadas, e que são afastadas da sociedade não com um caráter preventivo, mas sim para realmente impedir que o vírus se alastre.

O isolamento se inicia quando a infecção é comprovada a partir e exames clínicos ou laboratoriais. Ele, diferentemente da quarentena, pode ser realizado tanto em casa quanto no hospital, sob observação de profissionais.

Conclusão

A palavra “quarentena” entrou no tópico de termos mais pesquisados no Google. Muita gente quer saber quanto tempo dura, o que significa e como realmente cumpri-la.

Fato é que, embora não tenha data determinada para acabar, a quarentena se provou, no decorrer da história, ser uma arma essencial no combate a epidemias.

Essa estratégia já foi adotada em várias ocasiões e os resultados, em parceria com outros meios de contenção de infecções, se mostram bastante positivos.

Mas, a quarentena também pode trazer efeitos nocivos. É importante encontrar meios de manter a mente sã e equilibrada para não sucumbir a um quadro de ansiedade ou depressão, comuns nesses cenários.

Para isso, procure se alimentar corretamente, pratique exercícios físicos em casa, converse com outras pessoas, desenvolva hábitos saudáveis e faça coisas que você gosta.

Tudo isso certamente lhe ajudará a cumprir a quarentena com maior leveza. No mais, tenha em mente que essa é uma orientação vinda de profissionais renomados em todo o mundo. Portanto, mantenha-se seguro. Fique em casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *